Início > PÁGINA DE NOTÍCIAS > Mundo > Uma personalidade carismática

Uma personalidade carismática

No dia 22 de outubro, a Igreja celebra São João Paulo II, um santo que deixou profundas marcas de amor a Deus e à Santa Igreja

Com o nome de Karol Wojtyła, o santo nasceu no dia 18 de maio de 1920 em Wadowice, na Polônia. Em Cracóvia, onde foi residir em 1940, Karol trabalhou como operário nas minas de pedra e depois numa fábrica química. Entrou no Seminário e, em 1946, foi ordenado sacerdote.

Em 1958, Pio XII nomeou-o bispo auxiliar de Cracóvia, como lema episcopal, Karol escolheu a expressão mariana Totus tuus de São Luís Maria Grignion de Montfort. Mais tarde, se tornou arcebispo participando das sessões do Concílio Vaticano II e foi nomeado cardeal pelo Papa Paulo VI. Em 1978 foi eleito papa. Já como João Paulo II, deixou com seu testemunho muitos ensinamentos a todos os cristãos, principalmente por conta de sua personalidade carismática, intimidade com Deus, estilo pastoral e capacidade comunicativa.

João Paulo II faleceu no dia 02 de abril de 2005 e foi canonizado pelo Papa Francisco em 2014. Seu pontificado  foi marcado por visitas missionárias em todos os continentes do mundo, insistência sobre os temas dos direitos do homem e da liberdade religiosa  e ensinamentos nas suas diversas encíclicas, homilias, catequeses e discursos. Incansável promotor da paz, buscou o diálogo com as grandes religiões no caminho do ecumenismo e abriu ainda mais a Igreja para a missionariedade e cuidado com os mais necessidades, especialmente pelo seu amor aos Jovens.

Em  maio de 1998,  João Paulo II fez uma homilia falando sobre a Pessoa do Espírito Santo. Na mensagem, como em diversas outras sobre o tema,  o papa destacou que é impossível não louvar a Deus pelos prodígios que o Espírito realiza na vida cristã e que a graça de Pentecostes continua ativa na Igreja:“Como não dar graças a Deus pelos prodígios que o Espírito não cessou de realizar nestes dois milênios de vida cristã? O evento de graça do Pentecostes tem, com efeito, continuado a produzir os seus maravilhosos frutos, suscitando em toda a parte ardor apostólico, desejo de contemplação, empenho em amar e servir com total dedicação a Deus e aos irmãos”.

Vinte anos mais tarde, ainda hoje, o texto é extremamente atual. Nesse dia de São João Paulo II, convidamos você a se abrir a graça do Espírito Santo. Que a exemplo do santo de hoje, nossas vidas sejam guiadas pelo Paráclito, o santificador de nossas almas, tornando-nos capazes de anunciar corajosamente ao mundo inteiro o ensinamento de Jesus Cristo.

São João Paulo II, rogai por nós!