Início > PÁGINA DE NOTÍCIAS > Diocese > RCC Diocese de Palmas-Francisco Beltrão promoveu no último final de semana o Retiro Diocesano de Formação Humana

RCC Diocese de Palmas-Francisco Beltrão promoveu no último final de semana o Retiro Diocesano de Formação Humana

Cerca de 250 pessoas participaram do Retiro Diocesano de Formação Humana que aconteceu nesse último final de semana, 07 e 08 de julho, na Casa de Formação em Marmeleiro. O Retiro foi destinado a todas as pessoas que estão fazendo a formação do Módulo Básico da Escola Permanente de Formação da RCC e também para os servos dos Grupos de Oração.

O retiro foi marcado por grandes momentos de animação, louvor, pregação e dinâmicas dentro dos 03 temas da Formação Humana: “Encontro com Deus”, “Encontro comigo mesmo” e “Encontro com os outros”. Foram juntadas as 03 etapas da Formação Humana, ou seja, as 03 apostilas em um único e grande momento que foi esse encontro.

O Retiro de Formação Humana iniciou no sábado pela manhã com uma oração de entrega da vida e de toda história ao Senhor, entrega das preocupações e limitações que foi conduza pela Coordenadora Diocesana do Ministério de Formação, Nilda Alencar. Nilda iniciou com a meditação do Salmo 138. Já com a “dinâmica da folha”, entregando tudo ao Senhor, Nilda levou os participantes a fazerem uma experiência com a Palavra de Jeremias 18: assim como Jeremias desceu para a casa do oleiro para ver como o barro estava nas mãos do oleiro na construção do vaso, assim eram todos aqueles que ali estavam no retiro, compreendendo que todos estavam nas mãos do Senhor e Ele estava fazendo tudo novo e reconstruindo.

Seguido da oração, Valdecir de Moura Mattos, ministrou a pregação “Jesus é o Senhor” e destacou a importância sobre deixarmos Jesus ser o Senhor de todas as áreas de nossa vida e pregou em junção a este tema sobre Renúncia, explicitando todos os tipos de Renúncia que nos é necessário realizar. Ao concluir as pregações, Márcio Rafael Andrioli, coordenador Diocesano do Ministério de Oração por Cura e Libertação, conduziu um grande momento de oração de Renúncia e oração de entrega ao Senhorio de Jesus.

Ao término da Oração, o Padre Adenilson de Marmeleiro esteve presente no Retiro acolhendo todos os participantes e dando uma benção.

Após a benção, Valdecir ministrou a segunda pregação do Retiro, onde enfocou o primeiro tema da Formação Humana: “Encontro com Deus”, enfatizando sobre as Dimensões do Amor, perdão e acolhimento:

  • Amor de Deus, amor a mim mesmo, amor ao próximo;
  • Perdão a Deus, perdão a mim mesmo e perdão ao próximo;
  • Acolher a Deus, acolher a mim mesmo e acolher o próximo.

Já no sábado a tarde, o tema foi “Encontro comigo mesmo”, ministrado por Juliane Casagrande.  Juliane iniciou escrevendo uma carta para nós mesmos contando ao Senhor as situações mais sigilosas de nossa vida, coisas que nunca falamos a ninguém nem mesmo tivemos coragem de dizer para Deus. Seguiu ainda falando sobre:

  • A importância de nos conhecermos;
  • A importância de nos aceitarmos e vivermos de bem conosco mesmo, com nosso físico e nossa aparência;
  • Os pesos que carregamos, nos impedem de viver a totalidade da vida.

Juliane usou de uma dinâmica onde,  guiados pelo Espírito Santo, os formadores usaram de vendas e ataduras para amarrar ou vendar alguma parte do corpo dos formandos e isso causava um “condicionante”. Isso para mostrar quais os condicionantes estavam atrapalhando a forma de se relacionar consigo mesmo. O momento foi finalizado aos pés da cruz, onde muitos entregaram seus fardos na cruz de Cristo. Mais tarde houve o momento de Cura Interior diante do Santíssimo, onde muitas pessoas puderam se livrar de todas as amarras e fardos que traziam desde sua concepção.

O domingo iniciou com a Santa Missa presidida pelo pároco de Renascença, Pe. Tarcísio Camilo, onde ele falava da importância de aceitarmos os espinhos na carne, assim como Paulo, pois eles nos fazem fortes e nos ajudam a não desistir da caminhada.

O terceiro tema do Retiro foi “Encontro com os outros”, este ministrado pelo pregador Fernando Brizola, onde ele levou os participantes a compreender alguns pontos importantes sobre o relacionamento com os outros:

  • Importância de se relacionar bem com o outro;
  • Não precisa gostar dele, mas precisa ama-lo;
  • Servir com humildade, pois tudo é para Deus e por Deus;
  • Não se fazer de vítima e se magoar por qualquer coisa.

Fernando concluiu usando a seguinte dinâmica: os formandos deviam segurar um presente durante uma pregação que era um punhado de pedras; elas machucavam e incomodavam na mão e, tudo que eles fizessem, estava ali aquele incômodo. Isso remete ao fato de que quando guardamos mágoas e não perdoamos, o maior prejudicado somos nós mesmos que acabamos doentes e amargos por falta de perdão. O Santíssimo chegou e houve um momento de perdão, onde as pedras foram entregues como forma de perdão aos outros. Cada pedra era uma mágoa que íamos guardando em nosso coração.

Ao final de todas as pregações, aconteceram momentos onde os participantes responderam algumas perguntas pessoais para  para Deus. No final do retiro foi feita uma breve reflexão sobre as perguntas e como os participantes chegaram no retiro, o que escreveram e como estavam. Após a reflexão em oração,todas essas perguntas foram levadas para serem queimadas, pois esse Retiro era de Intimidade com Deus, portanto, sigiloso.

Com um grande momento de Louvor ao Senhor, o Retiro Diocesano de Formação Humana encerrou-se com a certeza de que o Deus Amor curou a capacitou a todos a sentirem-se amados e a amar.

 

CLIQUE AQUI para ver as fotos do Retiro

CLIQUE AQUI para ver o vídeo com os melhores momentos do Retiro.

Em breve, todos os vídeos das pregações estarão disponíveis em nosso site.